Projetos de casas rurais serão retomados após nova regulamentação do PNHR

0

O Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), integrante do Programa Minha Casa, Minha Vida será retomado após nova regulamentação do Ministério das Cidades. O processo iniciou em 2014 e estagnou por falta de recursos do Governo Federal. Este ano, foram destinados R$ 175 milhões para atender as cerca de 5 mil famílias do Paraná que já tinham documentação em análise na Caixa Econômica Federal.
Na manhã desta terça-feira (25) representantes da Cohapar, Emater e Prefeitura se reuniram com as famílias para retomar o processo. Novos documentos foram reunidos para atualização de cadastro e reavaliação de enquadramento.
No município permanecem interessados um grupo de dez candidatos às moradias. As casas irão beneficiar famílias com renda bruta anual de até R$ 17 mil. “Ter uma casa própria e uma moradia digna é um sonho para essas famílias. Por isso, junto a Cohapar, vamos encaminhar toda a documentação necessária o mais rápido possível para agilizar o processo”, afirma o prefeito Anderson Bento Maria.
Segundo o Engenheiro da Cohapar, Pércio Almeida Fistarol, o prazo para entrega da lista das famílias interessadas e a documentação atualizada junto a Caixa Econômica encerra agora em abril . “Esta é a primeira etapa para retomar os projetos. Agora, a Caixa irá avaliar os cadastros a partir dos critérios estabelecidos pelo programa e selecionar as famílias que serão beneficiadas”, explica.
Durante a reunião, foi criada a Comissão dos Representantes do Empreendimento (CRE). A comissão é formada por três membros do grupo que irão representar os demais durante o processo e acompanhar a evolução dos projetos.
Nesta modalidade, o programa subsidia R$ 34.200,00 para a construção da moradia. As famílias beneficiárias participam com apenas 4% do valor repassado, pagos em quatro parcelas anuais de R$ 342,00.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.